27 setembro 2011

Representação Regional de São Paulo

Representação Regional do Ministério da Cultura de São Paulo realiza Seminário – Metas do Plano Nacional de Cultura
Com o objetivo de promover ampla participação na Consulta Pública das metas do Plano Nacional de Cultura, a Representação Regional São Paulo do Ministério da Cultura, realizará na próxima terça-feira (27), das 15h às 18h, o “Seminário – Metas do Plano Nacional de Cultura”. O encontro contará com a participação do secretário de Política Cultural, Sérgio Mamberti e Américo Córdula – diretor Estudos e Monitoramento de Políticas Culturais/MinC. As metas do Plano Nacional de Cultura foram abertas à consulta pública, dia 21 de setembro, pelo portal www.cultura.gov.br.  A consulta permanecerá aberta até o dia 20 de outubro.  Esse processo reafirma o compromisso do MinC com processos democráticos, colaborativos, participativos e abertos de formulação de políticas culturais. O objetivo da consulta é receber contribuições da sociedade civil e de gestores públicos para o processo de construção das metas que nortearão as políticas públicas no campo cultural, no período de dez anos de vigência do PNC. O seminário promoverá um debate, acerca das Metas do PNC, com a rede de 162 municípios - das regiões metropolitana de São Paulo, Vale do Paraíba e metropolitana de Campinas, além de artistas, produtores, Pontos de Cultura e os diversos segmentos da cultura.
 Local: Sala Funarte Guiomar Novaes. Al. Nothmann, 1058 - Campos Elísios - São Paulo - SP -
Data: 27 de setembro de 2011 - das 15 às 18h

Chefe de Representação: Valério da Costa Bemfica
Endereço: Rua Formosa, 367, 21º andar, Ed. CBI Esplanada, Centro - CEP: 01049-911 - São Paulo/SP -  mapa
Telefones: (11) 5539 6304 / 5539 6308
Comunicação: Ike Shimada, Nelson Lopes e Aidê do Amaral comunicacao.sp@cultura.gov.br
Arte do banner: egrafidesign@gmail.com
Atendimento PRONAC: Ike Shimada e Tassia Toffoli - atendimento.sp@cultura.gov.br
Integre o seu município ou estado ao Sistema Nacional de Cutura: http://blogs.cultura.gov.br/snc/

 Clique no título para ver Mariza e a Rosa Branca

É Tempo de Amar

Clicando do título, as crianças e suas descobertas

26 setembro 2011

Ser


Há meninas na escola - diz Pauline - que são mais mimadas do que nós. Quando voltamos às aulas, elas têm uma pasta nova mesmo que a velha esteja ainda boa.
-Você não acha isso um pouco besta?
-Certamente -diz Pauline. - Mas elas não.
-Vocês teem lições de piano, de dança, vão à piscina...
-Sim -diz Pauline -Você sabe, não é que eu reclame. Só que não se vê o que temos.
François Mallet-Joris - A Casa de Papel -França
x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x
Em nossa igreja temos a chamada "hora das crianças". Certa vez, perguntei a um grupo de pequenos, que coisas especiais eles poderiam fazer para agradar suas mães.
-Eu podia limpar o meu quarto -propôs um deles.
-Eu podia fazer sobremesa para ela -sugeriu outro.
Curt, de nove anos, disse:
-Eu podia dar dinheiro a ela e levá-la para fazer compras.
Reverendo L. Bruce - Canadá 
x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x
...O artista delineia os detalhes de tal forma que parece os estar tocando, e cada linha adicionada reforça o retrato, sem nunca chegar a terminá-lo. Nós o aceitamos como o método do artista.
Mas a física também chegou ao ponto de mostrar ser esse o único método de conhecimento. Não há conhecimento absoluto. e os defensores deste, quer cientistas, quer dogmáticos, nada mais fazem do que abrir a porta à tragédia. Toda informação é imperfeita. Assim, devemos tratá-la com humildade; essa é a condição humana e é o postulado da Física Quântica. Esta afirmação não é retórica; deve ser tomada ao pé da letra.
J Bronowski - A Escalada do Homem - EUA
x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x
"E sempre zombei de todo filósofo que não zombou de si mesmo"; é Nietzche no começo de Gaia ciência. O pensador se dispõe a rever suas idéias. Pode ter prazer em debater, mas seu compromisso não é com uma idéia só. É com o movimento de pensar, sempre livre. Ele está acima da fácil glória de vencer sem convencer. Por que nossos acadêmicos mais polemizam do que debatem? Fazem caricatura da posição alheia. 
Atacam o outro, atribuindo-lhe o que ele não disse. Isso preocupa. Nosso país ainda é pobre em Filosofia. Faz mais história dela do que propriamente  Filosofia. Mas como filosofar, se em vez do debate civil, na praça pública, aonde os atenienses iam desarmados, porque contava só a palavra, temos a guerra, a língua ferina, a palavra como arma?
Renato Janine Ribeiro - Revista Filosofia -Brasil


Foto: Retrato do Jonas, meu irmão, óleo sobre tela, pintei em 2009.
Clique no título, tudo está conectado!

23 setembro 2011

Purificando

Sua semente contém magnésio, mineral empregado em mais de 300 processos biológicos, por isso não as desprezo quando liquidifico a polpa para fazer o suco. A cor vermelha da polpa é dada pelo licopeno, que previne o câncer. O consumo de melancia reduz a pressão sanguínea e a temperatura corporal. O licopeno auxilia o bom funcionamento do coração, ela é rica em o beta-caroteno (também reduz o risco de doenças cardíacas). A melancia é fonte de potássio, que favorece a limpeza dos rins,  reduz a quantidade de ácido úrico no sangue, diminuí o risco de cálculo renal. A camada branca da casca é rica em citrulina, uma substância que estimula a libido.
Receita de salpicão: 
*Casca de uma melancia muito bem lavada e ralada
*sal
*um peito médio de galinha de tamanho médio
*cozido e desfiado - duas xícaras pequenas de salsão cortado
*meia xícara pequena de cebola picada
*2 colheres de sopa de salsinha picada
*1 limão - meia xícara de maionese, de preferência caseira.
Modo de preparar:
Rale a casca da uma melancia de tamanho médio a pequeno, ferva em água e sal até que amacie e deixe esfriar. Desfie o peito do frango cozido e misture com a salsinha  e o cozido da casca, acrescente a cebola e o salsão picados,  tempere com sal e limão e sirva gelado.
Receita da net, provei em um restaurante de culinária tailandesa e adorei.

Mais benefícios, clique no título.

22 setembro 2011

Giovanna Casolla no Theatro São Pedro - Inesquecível!

Na noite de 13 de Setembro, a mezzo-soprano italiana, natural de Nápoles, Giovanna Casolla, apresentou-se no Theatro São Pedro. Casolla é estrela de primeira grandeza, surpreendeu e fascinou a platéia com sua extensão vocal que é adorada pelos fãs e considerada ímpar por especialistas. Conhecida e aclamada mundialmente Casolla é a presença mais aguardada dos grandes festivais na Europa. 
Magnetismo, carisma e domínio admirável da sua ferramenta, combinados com a forte presença de palco, fazem de Giovanna uma fonte de radiação intensa e transformadora, quando entra em cena interpretando o exigente repertório de soprano lírico dramático. 
Esteve acompanhada nesta única apresentação no Theatro São Pedro, pelo pianista gaúcho de Porto Alegre, Anderson Brenner e pelo tenor paulistano Richard Bauer, artistas indefectíveis que foram premiados com o convite para apresentar-se com Giovanna, que já se brilhou em palcos ao lado dos mais célebres cantores de sua geração: Luciano Pavarotti, José carreras, Plácido Domingo, Montserrat Caballé, Itamar Iveri, Marco Berti, Salvatore Licitra, James Moris, Leona Michell, Renato Bruson e Juan Pons, entre outros.
 O espetáculo integrou a programa Grandes Vozes que está no sexto ano e é promovido pelo Governo do Estado de São Paulo, e Cia de Ópera de São Paulo. Durante o espetáculo Giovanna chamou a cena o Diretor Geral da Cia de Ópera,  Paulo Abrãao Esper, e agradeceu-o publicamente pelo empenho em trazê-la a essa que foi sua primeira apresentação na cidade de São Paulo. Foi uma noite inesquecível, no final da apresentação a estrela jogou ao público a braçada de flores que recebeu. Tive a sorte de pegar o buquê, que uma semana após ter sido scaneado pela radiação potente da voz de Giovana, permanece maravilhoso e vibrante em meu atelier.
 Clique no título da postagem, ali está Voi lo sapere mamma, 
a primeira peça que Giovanna interpretou naquela noite.

20 setembro 2011

A Virtude

Passei os olhos por uma enquete de um jornal feminino; diversos senhores conhecidos eram chamados a precisar o que, numa mulher, os atraia ou desagradava. Quanto à atração, era vária a escolha; beleza, doçura, inteligência mesmo,compartilhavam os votos destes sedutores. Mas quanto às repulsões, uma palavra reaparecia sempre: virtude. sobretudo, nada de virtude. Cobiçavam mulheres ou amantes impertinentes, avaras, invejosas, ou mesmo sistematicamente infiéis? Suponho que não. sou levada a concluir, por via de dedução, que para o homem moderno a virtude se identifica ao mau humor e à frigidez. Curiosa evolução.
O que é que nos resta, em suma, de uma civilização cristã de tantos séculos? O pior. O culto do sacrifício sem alegria, da virtude sem objetivo, o senso do pecado sem o senso do perdão, um dolorismo que parece a austera antítese do prazer, um horror à natureza, à vitalidade, que ofende a cada instante o dogma mesmo da encarnação. 
Jesus nos aconselha a vender todos os nossos bens para adquirir uma pérola de alto preço. ele nos diz para acumular bens que os ladrões não furtem, que a ferrugem não ataque. Ele não nos diz para vender nossos bens para não encontrar nada no seu lugar, para renunciar a todos os tesouros, para soçobrar num despojamento sem alegria. Para dizer a verdade não possuiremos a pérola senão como possuímos a bondade ou o amor: pela simples contemplação. Mas as alegrias que deixamos por uma alegria maior, é isso um sacrifício?
Parece que o sacrifício não nos parece meritório se não comporta nenhuma contra partida, mesmo de ordem espiritual.
A viúva que não se casou outra vez "por causa de seus filhos" e que se assemelha a uma planta sem água, a solteirona que sempre viveu "para sua mãe" e renunciou à sua carreira ou a "fundar um lar", são dois exemplos típicos que a gente cita sempre. Ainda é preciso que essas renúncias sejam bem enfadonhas, bem desesperantes; sem o que , elas são consideradas sem valor. Jeanne, que trabalha numa clínica e que, com efeito, não se casou para cuidar de sua mãe enferma,  Jeanne, alegre, doce, luminosa, é um desses casos com os quais a gente se enternece. Vendo-a com tal doçura maternal com seus doentes, digo a Jean:
- Que pena que Jeanne nunca tenha se casado! Ela teria sido uma boa mãe!
- Sim. ela se sacrificou por... Mas note você que a Madame X...é uma velha senhora encantadora. tem curiosidade por tudo, humor estável, muito cultivada. E Jeanne tem uma profissão que lhe interessa. Não, ela não tem de que se queixar.
Certamente, Jeanne que oito horas por dia, em pé na clínica corre, vai, vem, dá injeção, à fricção e da toalete à tomar, para encontrar ainda tempo de fazer seus cursos, um pouco de limpeza, cuidar de sua mãe e bater papo com ela, não deve se queixar. seria preciso ainda que tivesse uma mãe rabugenta e impertinente - mas creio que Jeanne se arranjaria - seria preciso que ela mesma, amarga, frustrada, rechaçada, sofresse a cada instante por uma escolha que ela mesma fez, para satisfazer aos outros. O veneno jansenista nos contaminou profundamente, para que a virtude não nos pareça compatível senão com a melancolia.
A alegria de Jeanne existe, ela é sensível, assim como essa dor que, no ventre, se apodera dela ante os filhos dos outros.
A virtude teria, pois, um ventre? É preciso crer.
Mas a desconfiança diante da alegria é tal, que mesmo o sofrimento não a resgata. um dia eu sorri a uma velha senhora na igreja. era Páscoa; a alegria da Ressurreição (essa Ressurreição que a gente esquece muito em proveito de um dolorismo da Paixão que só existe para a alegria da Páscoa e que os ortodoxos cantam tão bem). ressoava em mim. eu lhe sorri, simplesmente porque também era para ela esse Aleluia, não é? ela teve um estremecimento involuntário, surpresa. é tão deslocado sorrir na igreja. Mas onde então? Onde?

Texto extraído de A Casa de Papel - Françoise Mallet-Joris, publicado por José Olympio Editor.
Foto: Óleo sobre tela que pintei em 2004, em meu atelier, em 2010.

Clicando no título, uma virtude sonora -Corrigindo! Que raio de virtude foi a que clicastes anteriormente? Falha minha, e me desculpe!Esqueci de trocar o link, agora sim vai uma virtude, só pode ser violino e Schumann, ative o link ou clique no título da postagem: http://youtu.be/uSizRAWZJhI  mas fica registrado o anterior, isto é dor, a meu ver, mas eu enxergo pouco. Como obra de arte é  uma maneira simplificada de contar uma história, no mínimo pessimista, que sendo história, haverá de sempre ter meandros e riqueza oculta, mas o artista põe na luz segundo sua tendência, eu não sou Brás Cubas, especialmente quando se mete a romancear a origem de dona Plácida...enfim, registrado o engano, uma visão depreciativa, tendenciosa e machadiana, talvez: http://youtu.be/eDqdKKnUl2k

14 setembro 2011

-Quão Cedo é Mais Cedo? Por K. Kris Hirst

O 88-50 UW (MH 1.Foto cortesia Brett Eloff , Lee Berger e da Universidade de Witwatersran
Na semana passada, a revista Science anunciou uma nova data para o Australopithecus homínineo sebida. Au. sebida foi relatado no ano passado, com tendo uma idade entre 1,78 e 1,95 milhões de anos. A nova apuração empurra Au. sebida para 1,977 milhões de anos atrás, o que significa que é o fóssil homídeo mais antigo já encontrado
Mas a história realmente não termina aí. Au. sebida, embora atualmente classificado como Australopithecus, tem várias importantes características de esqueleto que são mais semelhantes aos nossos antepassados ​​humanos, incluindo crânio, mão, e pélvis, mudanças que são mais comumente associado com o Homo erectus.
 O Australopithecus sebida ("sebida" significa fonte ou manancial em Sesotho) é um hominídeo descoberto recentemente. Dois exemplos bem preservados de Au. sebida foram recuperados Malapa Cave, uma caverna de dolomite nas Berço da Humanidade, em um sítio arqueológico na província de Gauteng, perto de Johanesburgo, África do Sul. A data foi encontrada utilizando-se paleomagnéticos e urânio-chumbo, técnicas sobre flowstone e sedimentos subjacentes a 1977 mil anos atrás, Au. sebida é considerado por alguns estudiosos como sendo o ancestral dirteto dos primeiros seres humanos modernos.
Dois exemplos de Au. sebida foram recuperados a partir de sedimentos na Caverna Malapa. MH1 é um macho juvenil, representado por um crânio parcial (visto na imagem acima), uma mandíbula fragmentária e parte do esqueleto pós-cranial, incluindo perna direita, braço direito e da pelve. Com base em comparações com os macacos e humanos modernos, estima-se que ele morreu com cerca de 12-13 anos de idade. MH 2 é uma fêmea adulta, representada por dentes superiores isolados, a mandíbula parcial e parcial do esqueleto pós-craniano incluindo perna direita, braço direito e pelve.
 A data encontrada em abril de 2010 estimava Au. sebida dentro de uma faixa de 1,78-1.950.000 anos, com base na fauna envolvida na correlação, urânio-chumbo e os dados paleomagnéticos. Em setembro de 2011, uma equipe de trabalho científico sobre o hominídeo informou a data de certa de 1,977 milhões de anos, tornando-Au. sebida mais velho do que qualquer outro fóssil conhecido hominídeo encontrado na África, até à data, incluindo o Homo erectus e H. habilis.
Au. sebida tem um corpo pequeno em comparação com o H. erectus, por exemplo, com longos membros superiores, grandes superfícies articulares e estruturas dos membros um pouco primitivas. Eles foram totalmente bípedes. Os dois hominídeos recuperados estão actualmente classificados como Australopithecus, porque sua caixa craniana é relativamente pequena, seus braços são longos para seus corpos, em comparação aos tradicionais ancestrais humanos do grupo de Homo. Mas os estudiosos pesquisando Au. sebida argumentam que as evidências de Malapa Caverna sugerem que uma reformulação de nossas classificações de hominídeos pode estar na ordem do dia.

Texto e foto extraídos do boletim que recebo de K Kris Hirst About.com Guide, Kris escreve artigos para a Ciência e revistas Arqueologia, e há mais de 15 anos participa nas discussões do painel, desenvolve estudo e apresenta conferências sobre o uso da Internet como uma ferramenta de apresentação de informações arqueológicas. Seu artigo mais recente é "Arqueologia Hoje", publicado na Enciclopédia da Elsevier de Arqueologia. A estudiosa tem um BS em educação pela Universidade Estadual de Illinois, e mestrado em Antropologia pela Universidade de Iowa, é membro da Sociedade de Arqueologia Americana, do Instituto Arqueológico da América, e cadastrada no Registro Profissional de Arqueólogos e da Associação Nacional de Escritores Science.
Clicando no título, um passeio pelo jardim

13 setembro 2011

Almoço Para Melhorar o Ânimo

Este prato contém ingredientes que ajudam levantar o astral, quando for comprar os ingredientes, compre uma flor ou um maço para enfeitar a mesa -faz milagres! Para quem é muito exigido, também é aconselhável o consumo de um suplemento diário de óleo de peixe, estudos garantem que pode ajudar a combater a depressão. 
Ingredientes:
Pão fatiado
Três tomates
1/4 de maços de agrião
Duas colheres de sopa de nozes picadas
Uma xícara de grão-de-bico cozido
Peito de peru ao gosto
Uvas sem caroço 
Suco de ervas gelado
O preparo é de uma simplicidade bárbara. Pegue as fatias do pão integral (e não digo faça um pão integral, digo, compre fatiado), esfregue um dente de alho na frigideira, derrame um pouco de óleo e aqueça, frite as fatias de pão e reserve, faça um picadão com espinafre e misture com o grão de bico e as nozes, reserve. Pegue as fatias douradas do pão e cubra com tomates fatiados, peito de peru desfiado...ah, mas quem tem ânimo para tanto? Se está a precisar de comida para tal? Pique peito de peru defumado mesmo, dê uma mexida delicada com os tomate e cubra as fatias, leve ao forno e assim que o tomate amolecer tire do forno, cubra com o grão de bico e as nozes picadas, e a saladinha de espinafre. 
A bebida ideal para acompanhar é chá de ervas bem geladinho.
Arremate este momento "Ao Infinito e Além" com as uvas sem caroço, uvas contém antioxidantes conhecidos como polifenóis, em especial o reveratrol, e os flavonóides das uvas melhoram a saúde das artérias e reduzem a chance de coágulos no sangue, diminuindo o risco de ataque cardíaco e acidente vascular cerebral. 
O espinafre contém luteína e zeaxantina, dois fitoquímicos que reduzem o risco de degeneração macular, o espinafre também contém folato que reduz os níveis de homocisteína (prejudicial ao coração).
O grão-de-bico é rico em isoflavona, que combate o câncer.

Receita retirada da revista 
Seleções Reader's Digest - tesourinho!

Clique no título para chegar ao Abençoado...Elton John encanta.

11 setembro 2011

Jã - Patricia Matar Oliva & Lenora Porto Telles Pires

A Lua em Peixes se opõe ao Sol em Virgo, por onde também transitam Mercúrio e Vênus.“na prática, a teoria é outra.” (ouvi dizer). Analisar significa dividir em partes para entender o todo. 
É a base do pensamento científico, que proporcionou todo o desenvolvimento tecnologico. Usamos a visão dual da realidade, partida em tempo e espaço, causa e efeito, sem pensar no quanto isso mudou nossas vidas em tão pouco tempo. 
Poderoso! 
Aplicamos o mesmo tipo de pensamento nas relações humanas, e definimos ordem e caos, falso e verdadeiro, bem e mal, amor e ódio, deus e diabo, sempre ou um ou outro. Eu e os meus do lado do bem; “eles” do lado do mal, lógico! 
Lua Cheia dia 12/09 às 6h27 em Sampa
Encontro de Setembro no Jã - Laboratório de talentos, pessoas que se reúnem para fazer arte e viver além da sobrevivência. 
Performance, astrologia, astronomia, cinema, música, comidinhas. Rua João Moura, 2360, ao lado do Metrô Vila Madalena.


O texto é de Patricia Mattar Oliva, a proprietária proporcionadora do Laboratório Jã, e a obra da foto acima é uma aquarela de autoria da artista Lenora Porto Telles Pires, a locomotiva do seu grupo de aquarelistas, seu traço delicado e técnica apurada garantem a Lenora o destaque nas exposições que participa ou protagoniza.MAs a aquarela é muito minha, já que me deu e está em moldura, vidro antireflexo e tudo.  Atelier da Lenora:Aronel, Rua Barão de Itapetininga, 285 -São Paulo.
E no título, Luciana Littizzetto para completar o post das sabidinhas, fala da estranha moda das brasileiras, que para as italianas, não cola, melhor, não pela, digo, não pega.

Atlântis

"Uma das razões por que esta sociedade está a morrer por aí afora, é que ela tornou-se demasiado antiética. A conduta razoável e as soluções óptimas deixaram de ser usadas a tal ponto que a sociedade está a caminho do fim.
Por antiético entende-se uma ação ou situação em que o indivíduo está envolvido, ou alguma coisa que o indivíduo faz, que é contrária aos ideais, melhores interesses e sobrevivência das suas dinâmicas.
Desenvolver uma arma capaz de destruir toda a vida neste planeta (como armas atômicas e certas armas criadas pelas forças armadas) e colocá-las nas mãos de políticos insanos e criminosos, não é obviamente um ato de sobrevivência.
O fato de um governo promover e criar ativamente a inflação, ao ponto de a depressão ser uma ameaça real para os indivíduos desta sociedade, é no mínimo uma ação de não sobrevivência.
Isso torna-se tão insano que, numa das sociedades do Pacífico Sul, o infanticídio tornou-se uma paixão dominante. Havia uma quantidade limitada de comida e eles quiseram baixar a taxa de natalidade. Começaram por usar o aborto e se este ainda não funcionava, eles matavam as crianças. a sua Segunda Dinâmica entrou em colapso. essa sociedade já quase desapareceu.
Estes são atos calculados para serem destruitivos e prejudiciais para a sobrevivência das pessoas da sociedade.
A ética é as ações que o indivíduo aplica para si mesmo de forma a alcançar uma sobrevivência ótima para si e para os outros, em todas as dinâmicas. As ações éticas são ações de sobrevivência. Sem o uso da ética nós não sobreviveremos.
Sabemos que o Princípio Dinâmico da Existência é SOBREVIVER!
À primeira vista isto poderá parecer demasiado básico. 
Poderá parecer demasiado simples. Quando pensa em sobrevivência, a pessoa tem a tendência para cometer o erro de pensar em termos de "necessidades mais básicas". Isso não é sobrevivência. A sobrevivência é uma escala graduada, com o infinito ou imortalidade no topo e com morte e dor no fundo."
 Extraído de Scientology - Uma nova Perspectiva 
Sobre a Vida, de L. Ron hubbard, Bridge Publications, Inc.

Foto:A Atlântis, 
fiz em cerâmica
Executei em 2006

E clicando no título do post, voz macia para domingo charmoso.

10 setembro 2011

09 setembro 2011

Resposta a um tópico sexista ou feminista, mas bem, bem ista!

R: Mas eu sou feliz, não alegre o tempo todo, feliz da minha existência, cuido da minha família, casa e atelier, que mantenho organizados pois não consigo criar e produzir no caos. Saio de fininho quando homem ou mulher é promiscuo/a, bebe sem moderação ou começa a fumar, diz palavrão - que somente tolero na música do Mamute.
Essa é a minha verdade, querer que todos pensem igual, não é realista. Estou lendo Mulher Eunuco, de Germaine Greer(da Bertrand Editora) e certifico-me que excessos levam a caricaturas, como acabou por se tornar a própria Germaine. Penso que todos teem direito de seguir sua vocação, sabendo que pela lei do semelhante atrai semelhante... Reclamações não remediam más situações, só atitudes.
Não compreendo tampouco os sexistas, as feministas que falam mal dos homens. Eu gosto...até amo um! Somos as geradoras e geralmente as educadoras, se somos tão críticas é melhor corrigir a nossa postura e educar os filhos homens para agirem amorosamente e como cavalheiros, eu fiz e faço apesar das dificuldades não é impossível. Minhas noras sempre elogiam a criação que tiveram seus maridos.
Curioso, ainda hoje visitei o blog do terapeuta Américo Marques Canhoto, que escreve sobre AMOR, da forma que tratamos aqui, o link é: http://construindoafamiliadofuturo.blogspot.com/ .
Também Ron Hubbard define muito bem o Ser Social e o Anti Social em Scientology -Uma Nova Perspectiva Sobre a Vida, escreve que o Anti Social é o dinossauro prestes a extinção, que a evolução não o perdoará, assim como não perdoou o Mamute.
Naturalmente trato os outros de forma muito carinhosa, que é como gosto de ser tratada, esta é apenas minha postura, opinião, e só as coloco aqui por estarmos em espaço apropriado de Fórum Livre, resposndendo ao dado que lançastes, assim entendo. Saudações, Carinho e votos de um lindo final de semana, cheio de Paz e Luz.

Foto histórica de explicação desnecessária, cujo título é Mundo Mundo...
E para dançar no bom sentido, clique no título da postagem 

Istituto Italiano di Cultura Convida


 
E para o pássaro Callas, clique no título da postagem: 
Paz, Paz, Meu Deus!




06 setembro 2011

Comunicado Especial de Valério Bemfica, Chefe do Ministério da Cultura em São Paulo

SEMINÁRIO REGIONAL DAS PRAÇAS DOS ESPORTES E DA CULTURA EM SÃO PAULO
 Acontecerão entre os dias 12 e 15 de setembro no Casarão anexo à sede da FUNARTE, no centro da cidade de São Paulo, dois Seminários Regionais das Praças dos Esportes e da Cultura (PECs) para os 76 municípios beneficiados no Estado de São Paulo: Atibaia, Andradina, Araçatuba, Araraquara, Araras, Assis, Barretos, Bauru, Birigui, Campo Limpo Paulista, Catanduva, Fernandópolis, Franca, Guaratinguetá, Itapetininga, Itapira, Itu, Jacareí, Jaú, Jundiaí, Limeira, Lorena, Matão, Mirassol, Olímpia, Ourinhos, Penápolis, Pindamonhangaba, Presidente Prudente, Registro, Ribeirão Preto, Rio Claro, Salto, São Carlos, São José do Rio Preto, Sertãozinho, Sorocaba, Tatuí, Várzea Paulista, Votorantim, Americana, Artur Nogueira, Arujá, Caieiras, Cajamar, Campinas, Carapicuíba, Cosmópolis, Cubatão, Diadema, Embu, Embu-Guaçu, Ferraz de Vasconcelos, Francisco Morato, Guarujá, Guarulhos, Hortolândia, Indaiatuba, Itanhaém, Itapecerica da Serra, Itaquaquecetuba, Juquitiba, Mauá, Moji das Cruzes, Osasco, Peruíbe, Ribeirão Pires, Santa Bárbara d'Oeste, Santana de Parnaíba, Santo André, Santos, São Lourenço da Serra, São Vicente, Sumaré, Suzano, Vargem Grande Paulista.
O primeiro Seminário (12 e 13) é para os municípios das Regiões Metropolitanas de São Paulo e Campinas e para os municípios da Baixada Santista¹; e o segundo (14 e 15) é para os municípios do interior do Estado de São Paulo².Os Seminários Regionais com os gestores públicos fazem parte da Proposta de Mobilização Social e Gestão das PECs, conforme Anexo II do Manual de Instruções para Contratação e Execução. Seu objetivo é o debate e adesão à proposta de mobilização social, orientações para sua execução, bem como capacitação em metodologias de mobilização social e apresentação do curso à distância.
Estarão presentes representantes dos Ministérios da Cultura, dos Esportes e do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, além da Caixa Econômica Federal.
Cada município tem direito a três vagas nos Seminários. Sugerimos que o perfil das três pessoas indicadas seja: 1 pessoa relacionada com a obra de construção da PEC; 1 pessoa da área de assistência social; e 1 pessoa das áreas de cultura, esporte e lazer.
As inscrições para o Seminário acontecerão de 29 de agosto até dia 6 de setembro por meio do email gestao@cultura.gov.br
O email deverá conter: nome completo, carteira de identidade, instituição, cargo e setor, telefone e email. No título da mensagem deverá ser colocada a data do Seminário da qual o inscrito irá participar. A confirmação da inscrição também se dará por email.
O Casarão anexo à FUNARTE está localizado na Rua General Júlio Marcondes Salgado, nº 234 no bairro de Campos Eliseos, região central de São Paulo, e o Seminário tem horário previsto de início para às 8h30, com término para as 18h00, nos dois dias
  
5ª Primavera dos Museus: Evento promovido pelo Ibram/MinC movimenta 589 instituições em 310 cidades brasileiras 
A Primavera é a estação do ano ligada à renovação. Essa época de reflorescimento da flora e da fauna terrestres foi escolhida pelo Instituto Brasileiro de Museus, órgão vinculado ao Ministério da Cultura (Ibram/MinC), para desenvolver o evento denominado Primavera dos Museus, que em 2011 chega à sua 5ª edição. A iniciativa será realizada entre os dias 19 e 25 de setembro, em 310 cidades brasileiras, e nesse período serão oferecidas 1.779 atividades em 589 instituições museológicas.

CURSOS, INSCRIÇÕES E EDITAIS
·         Prêmio Arte e Cultura Inclusiva 2011: Inscrições para o Edital estão abertas até o dia 30 de setembro

·         8ª Edição do Programa Rede Nacional Funarte Artes Visuais: Inscrições para o Edital poderão ser feitas até 3 de outubro

·         Prêmio Funarte/Petrobras Carequinha de Estímulo ao Circo 2011: Inscrições para o Edital podem ser feitas até 29 de setembro

·         Prêmio Funarte Artes na Rua 2011 (Circo, dança e teatro): Inscrições para o Edital ficam abertas até 29 de setembro

·         Edital PAR 2011: Ancine recebe inscrições no edital até 19 de setembro

·         Edital PAQ 2011: Ancine recebe inscrições até 15 de setembro para edital

·         Prêmio Casa de Rui Barbosa 2011: Até 23 de setembro estarão abertas as inscrições para o concurso de monografias

Expediente MinC RR/SP:

Endereço: Rua Formosa, 367, 21º andar, Ed. CBI Esplanada, Centro - CEP: 01049-911 - São Paulo/SP -  mapa  Telefones: (11) 5539 6304 / 5539 6308   E-mail: cultura.sp@cultura.gov.br
Comunicação: Ike Shimada, Nelson Lopes e Aidê do Amaral  – comunicacao.sp@cultura.gov.br

E para ver uma vida desabrochando, clique no título da postagem!